01 junho 2014

1º mês sem você

I
Hoje faz exatamente 1 mês que você se foi, e anda não conseguimos nós acostumar, o coração dói a cada vez que nós deparamos com essa triste realidade, a falta que você tem causado é significamente dolorosa, um dia, quando adolescente você fez uma ameaça do tipo: "O dia que eu morrer vocês se lamentarão!" Sempre dizias essas palavras em momentos de raiva e posso dizer você tinha razão, não tem como não sofrer essa ausência.
Ontem quando voltamos do cemitério, em um momento de oração para que você também se conforme com essa nova situação eu tive uma das experiências mais chocantes que poderia ter tido, senti sua presença passar por mim no corredor do apartamento o de moramos, e tive a certeza disso quando nossa Mariana sorrindo, disse: "Titio!"
Tenho certeza que você está tentando nos ajudar como você pode, peço apenas que você ajude ainda mais nosso pai, ele tem chorado e pedido a morte por conta da dia ausência... Ele sofre ainda mais porque você era o filho mais amoroso, atencioso, carinhoso que eu. Você entende?
Te amo meu irmão, sinto pena por não ter te dito diretamente para ti essas palavras, mas espero que vc lembre que indiretamente eu te abraçava e você com um senso de humor gritante sempre me respondia: "Não tenho dinheiro!" Era amor, acredite!

Nenhum comentário: